Congelar bolo cru?!

Rá!, por essa vocês não esperavam. Nem eu, pra falar a verdade.

Dá pra congelar massa de bolo crua!

Descobri meio por acaso. Ou serendipidade. Gosto tanto dessa palavra, mas não encontro muitas oportunidades de usar. Então, dá licença, que aqui cabe (ou quase).
.
Bolinhos prontos pra irem pro forno, pá!, emergência, tinha que sair. Não, não dá pra esperar meia hora. Joguei no freezer. Pensei: depois vejo se dá pra salvar alguma coisa. Quem sabe esfarelar tudo pra fazer um tipo de crumble?, alguma tentativa pra não ir tudo pro lixo.

A surpresa

Depois de assados

No dia seguinte levei pro forno, sem muita esperança. Já matutando sobre o que faria com todos aqueles bolinhos abatumados, tristes, fracassados na vida. Aí, a minha surpresa quando abri o forno e vi aqueles bolinhos lindos, fortes, crescidos! Tão fofos, tal e qual ficam sempre que vão sem escalas pro forno.

Agora, quase sempre que preparo bolo, faço uma receita a mais pra congelar em forminhas individuais.

Faz assim:

Coloca os bolinhos nas formas como se fosse assar. Eu uso forminhas de silicone, mas se as suas formas são de metal, facilita forrar com pelotines (nunca congelei bolo grande cru, mas não vejo porque não daria certo). Leva pro freezer por cerca de duas horas, ou até que estejam bem congelados. Tira das forminhas (pra poder usá-las pra outras coisas) e armazena os bolinhos em um saquinho tipo zip lock ou pote com tampa.

Congelados, prontos para armazenar

Na hora de assar, coloca de volta nas mesmas forminhas e leva, ainda congelado, pro forno preaquecido. Adiciona 10 minutos ao tempo normal se assar no forno, e 5 minutos se assar na airfryer. Então, se normalmente você assa seus bolinhos em 25 minutos no forno, colocando congelados vai assar por 35. Mas dá uma conferida antes, porque o tempo varia entre cada forno. Eu coloco na airfryer aquecida a 160º por 15 minutos

Depois de assado não é mais fácil?

Sim, também dá pra congelar depois de assado. Mas bolo é uma das coisas que não morro de amores depois de congelado. Fica parecido com o novo, mas mais seco, a textura não fica bem a mesma. Desse jeito, temos bolo quentinho e novinho mesmo sempre que dá vontade ou precisamos de um lanche.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *